Material de Apoio

 Contabilidade
 Métodos de Escrituração
 Débito e Crédito
 Patrimônio
 Livros Contábeis
   Livro Diário
   Livro Razão
   Livro Caixa
   Erros de Escrituração
 Contas
 Balanço Patrimonial
   Ativo Circulante
   Ativo Não Circulante
   Redutoras do Ativo
 História da Contabilidade
 Biografias
 Mais conteúdos [+]

Pratique

 Exercícios resolvidos
 Exame de Suficiência (CFC)
 Provas de concursos

Ajuda

 Fórum de discussão
 Área dos Professores
 Glossário
 Dúvidas frequentes
 Softwares
 Cálculos On-line

Entretenimento

 Jogos de contabilidade

Diversos

 Curiosidades
 Profissão Contador
 Código de Ética
 Princípios de Contabilidade
 Convenções Contábeis
 Lei das S.A.
 Notícias
 Indicação de livros
 Fale conosco

Busca Geral

 

Como é calculado o INSS?

O INSS não tem uma alíquota fixa, ele é calculado de acordo com o valor do salário do empregado. Ou seja, as porcentagens de desconto irão variar dependendo do salário de cada um.

Quando o empregado tiver como salário um valor superior ao limite máximo de contribuição, só é permitido descontar do salário um valor estabelecido, chamado de TETO. Mesmo ganhando mais, não poderá contribuir com mais dinheiro. O funcionário terá descontado na sua folha de pagamento, todos os meses, o valor referente ao INSS.

Tabela do INSS de 2013:

Tabela de Contribuição dos Segurados Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso, para Pagamento de Remuneração a partir de 01 de Janeiro de 2013.

Faixa Salarial (R$) Alíquota para fins de recolhimento ao INSS
Até R$1.247,70  8%
De R$1.247,71 até R$2.079,50  9%
De R$2.079,51 até R$4.159,00  11%
A partir de R$4.159,01  R$ 457,49 (*)

(*) Esse é o TETO (valor máximo) que pode ser descontado do salário.

OBS.: A cada ano, a tabela das alíquotas do INSS é atualizada.

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2017 Só Contabilidade. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.